quinta-feira, 28 de julho de 2011

Projeto da UEL é avaliado por consultor de prêmio nacional

O consultor do Prêmio Innovare, o advogado Luiz Assi, verificou hoje o trabalho realizado pelos professores e estudantes integrantes do Núcleo de Estudo e Defesa dos Direitos da Infância (NEDDIJ), projeto de extensão que presta atendimento multidisciplinar a crianças e adolescentes vítimas de abuso.

A avaliação tem o objetivo de verificar a prática jurídica desenvolvida, considerando os resultados práticos alcançados. O prêmio é uma iniciativa do Instituto Innovare, associação sem fins lucrativos que tem o objetivo de dar visibilidade a projetos que colaborem com a modernização da Justiça Brasileira.

Segundo o consultor, o levantamento não considera qualquer juízo ou julgamento das atividades do projeto. Cabe a ele produzir um relatório com riqueza de detalhes e encaminhá-lo à comissão julgadora, formada por 27 juristas – ministros do Supremo Tribunal Federal, juízes e advogados com larga experiência.

“O prêmio não admite ideias, é preciso comprovar uma boa prática, que de alguma forma favoreça uma Justiça mais célere”, resumiu o consultor. Segundo ele, o Paraná deverá ter uma participação representativa nesta oitava edição do prêmio, que prevê cinco categorias: premiação especial, Ministério Público, juiz independente, advocacia e Defensoria Pública. O projeto da UEL concorre na categoria advocacia, que tem 100 projetos inscritos em todo o país, sendo oito do Paraná. O resultado da oitava edição do prêmio será divulgado durante cerimônia no dia 15 de dezembro, às 11 horas, no Hall dos Bustos do Supremo Tribunal Federal, em Brasília (DF).

O Núcleo de Estudo e Defesa dos Direitos da Infância reúne uma equipe de professores, estagiários e bolsistas da área de Direito e Psicologia. O NEDDIJ funciona em uma sala do Escritório de Aplicação de Assuntos Jurídicos da UEL, na Rua Brasil, 742, Centro de Londrina. A coordenadora do núcleo é a professora de Direito da Família, Claudete Canezin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário