terça-feira, 25 de janeiro de 2011

À beira do Rio São Francisco

por Priscila Rosa Lima - Santana do São Francisco/Sergipe



À beira do Rio São Francisco, a cidade interiorana do Sergipe conquistou os rondonistas desde a chegada. Pequena por natureza, mas com riquezas naturais indescritíveis. O povo vive principalmente da venda de seu artesanato e da pesca às margens do rio.
As equipes: UEL e USP puderam se conhecer melhor e na vigem houve grande interação. Agora é trabalhar junto para conquistar os objetivos das atividades a serem desenvolvidas.

Hoje o dia será corrido para as duas equipes. A manhã já começou com tudo. Os 16 rondonistas, mais os 4 professores, em diferentes frentes, saíram pela cidade realizando a divulgação dos trabalhos, que iniciam-se nesta tarde.


A escola em que estamos hospedados está também realizando as inscrições e hoje, durante toda a manhã, esteve cheia de gente interessada para as mais variadas oficinas.


A expectativa até o momento é de que as oficinas serão muito bem aproveitadas, abrangentes, no que diz respeito ao público alvo, e realmente úteis para a população.

Agora é continuar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário