quinta-feira, 31 de março de 2011

GEAMA inicia as atividades 2011 com o tema "Comunicação e Meio Ambiente"

O Grupo de Estudos Avançados sobre o Meio Ambiente (GEAMA) organiza, desde 2003, atividades, como palestras e mesas redondas, voltadas para a comunidade interna e externa com assuntos relacionados com o Meio Ambiente. Neste ano, o tema escolhido foi o “Meio Ambiente e Comunicação”.



Segundo o professor doutor Paulo Bassani, coordenador do GEAMA, o tema foi escolhido para debater o modo como o meio ambiente é abordado pela mídia, desde reportagens a imagens de destruição e preservação da natureza.

Além disso, o coordenador, vê o tema da Comunicação como uma boa plataforma para trabalhar a conscientização, além da possibilidade de atingir diferentes públicos. “Com nosso trabalho podemos promover metodologias específicas para a mídia tratar do meio ambiente e ajudar a desenvolver essa educação ambiental por meio da comunicação, parcerias do grupo com a mídia e com o contato com os jornalistas”. O prof. Dr. Paulo Bassani também destacou a participação de estudantes e professores de jornalismo no projeto.


Presente na abertura do evento, a Promotora do Meio Ambiente de Londrina, Solange Vicentin, destacou a importância da aprendizagem por meio da conscientização para solucionar os problemas do Meio Ambiente. A Promotora também colocou a conscientização como o maior desafio, já que, segundo ela, nossas condutas diárias ditam de forma grave como serão as mudanças da natureza.

“O desafio é conseguir, com a conscientização, deixar para as futuras gerações um Mundo onde elas consigam sobreviver. Por isso, é importante um grupo de estudos como o GEAMA, que mescla teoria e prática na universidade”, disse Solange Vicentin.

Na abertura desta edição, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), Rodrigo Rocha Loures, ministrou a palestra de abertura com o tema “Desafios de um mundo sustentável: uma encruzilhada civilizatória”.

No início de sua palestra, Rodrigo Loures disse que há uma necessidade de amenizar as propriedades e os exageros do consumo em prol do meio ambiente, já que a busca por uma melhor qualidade melhor de vida é natural. Também ressaltou a importância da busca por uma vida sustentável por pequenos grupos nas comunidades, para, futuramente, transformar a sustentabilidade em algo concreto.

As atividades do GEAMA são realizadas na cidade e na região de Londrina, nas escolas públicas e também em outras universidades. Nesta edição, já são aproximadamente 150 inscritos. Quem quiser integrar o grupo de estudos pode se inscrever pelo blog do projeto: http://geamauel.blogspot.com/.



Nenhum comentário:

Postar um comentário