quinta-feira, 26 de maio de 2011

Seminário Estadual de Educação Fiscal será realizado em Londrina

O IX Seminário Paranaense de Educação Fiscal será realizado em Londrina nos dias 31 de maio e 01 de junho, Cine Teatro Ouro Verde. A promoção é da Secretaria de Estado da Fazenda do Paraná, com apoio da UEL e demais órgãos públicos estaduais.

A abertura será às 8h, na terça-feira (31/05), com a participação do secretário Estadual de Fazenda, Luiz Carlos Hauly e da reitora da UEL, professora Nádina Aparecida Moreno. A palestra de abertura terá como tema o Programa Nacional de Educação Fiscal (PNEF), com Claudemir Frigo, da Escola de Administração Fazendária (ESAF).

O objetivo do evento é promover a sensibilização dos professores e sociedade em geral da importância socioeconômica dos tributos e o acompanhamento dos recursos públicos. Além de despertar nos professores a importância de seu papel como multiplicadores dos conceitos e aplicação das diretrizes do PNEF; e transmitir conceitos que propiciem a formação da consciência fiscal para o público geral.

O seminário será constituído por palestras, peças teatrais, grupos musicais sobre a Educação Fiscal e apresentações culturais locais, entre elas a Orquestra Sinfônica da UEL (Osuel), o “Grupo Vocal Entre Nós” e a “Entrepassos Cia de Dança de Londrina”.

Para o encerramento, quarta-feira (01/06), a partir das 16h30, haverá a apresentação teatral "O Auto da Barca do Fisco: o uso do teatro para formação da cidadania fiscal". O espetáculo compara o mundo medieval e a sociedade atual, concluindo que as mudanças foram muito pequenas, considerando as desigualdades e a injustiça social. Trata-se de uma crítica à sociedade contemporânea, ressaltando princípios éticos e trazendo uma mensagem otimista. O peça teatral é uma iniciativa do Museu Dinâmico Interdisciplinar (MUDI) da Universidade Estadual de Maringá (UEM). A coordenação é do professor Marcílio Hubner de Miranda Neto.

A programação completa do evento e outras informações pelo site http://www.educacaofiscal.fazenda.pr.gov.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário