terça-feira, 26 de junho de 2012

Atividade na zona norte contribui para o desenvolvimento da região

por Lais Taine

A Escola Municipal Jovita Kaiser recebeu, no último domingo, 24, a atividade “Comunidade em Ação: famílias enfrentando desafios por um futuro melhor”, que foi desenvolvida pela rede de serviços que compõe o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Norte A, território III, em conjunto com instituições que possuem atendimento social, que não atuam diretamente na região, mas que estão desenvolvendo trabalhos específicos para ajudar a comunidade desse território.
   

A Universidade Estadual de Londrina apóia as atividades através do Projeto de Assistência Jurídica aos Dependentes Químicos, coordenado pela Professora Maria Aparecida Piveta Carrato, que busca atender a demanda jurídica dos dependentes químicos, procurando evitar, solucionar e/ou acompanhar os problemas dessa população. O Projeto atende no Escritório de Aplicação de Assuntos Jurídicos e está colaborando com o CRAS Norte A, território III, para atender a demanda da região.


O Núcleo de Estudos e Defesa dos Direitos da Infância e Juventude (NEDDIJ), também está participando das atividades realizadas no território. O projeto é coordenado pela Professora Claudete Carvalho Canezin e tem o intuito de auxiliar o Conselho Tutelar de Londrina na prevenção e assistência aos casos de violência contra crianças e adolescentes; como projeto articulado à rede de serviços que o CRAS realiza, há um destaque das ações no território III.


Além dos projetos que já estão atuando na comunidade, para esse domingo a UEL levou o aluno de artes visuais Ângelo Cesar Meneghetti para apresentação e oficina de Kirigami (arte feita com recortes de papel) com contação de história para crianças. Entre as apresentações artísticas e exposições estavam a Banda de Músicos de Londrina, Feira da Economia Solidária e Feira da Saúde e um bazar de roupas usadas. Também foram expostos os trabalhos manuais do Grupo de Idosos, produtos feitos pelo Projeto do Sabão e trabalhos manuais produzidos na terapia ocupacional do CAPS-AD.


Entre diversas entidades, estiveram por lá a Associação de Deficientes Físicos de Londrina (ADEFIL), a Associação Londrinense Interdisciplinar de AIDS (ALIA), o CRAS: Serviço de Proteção Integral à Família e Cadastro Único, o Conselho Tutelar: promovendo e garantindo direitos, os Programas das Unidades Básicas de Saúde e o CREAS III.


A rede de serviços do CRAS já vinha participando de reuniões pontuando os potenciais e os alertas do território para desenvolver as ações a partir das preocupações destacadas pela rede e pelos próprios moradores da região. Dessa forma, compreenderam a importância de desenvolver uma ação articulada e ampliar a discussão a outras instituições que não atuam diretamente na região, mas que tem uma abrangência municipal, como exemplo a UEL. Das reuniões surgiu a idéia da realização do “Comunidade em Ação”, atividade voltada para os temas direcionados à demanda do território.
 



O objetivo é prevenir a ocorrência de situações de vulnerabilidade e riscos sociais nos territórios, por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, e da ampliação do acesso aos direitos de cidadania. O CRAS Norte A, território III, foi implantado em 2003, abrange 19 bairros e fica na Rua dos Pintores, 73, no conjunto Chefe Newton, telefone: 3378-0388.




Nenhum comentário:

Postar um comentário