quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Dia de surpresa no terceiro dia de operação

por Lais Taine

Entre todas as coisas que já aconteceram na operação, uma merece destaque. A boa nova é que a chuva, que tanto fez falta e que não se atrevia a aparecer há mais de um ano, resolveu visitar a população de Queimada Nova.
Desde que a equipe chegou na cidade, foram presenciadas algumas ameaças, ocorrendo até  chuviscos que teimavam em pingar e ir embora antes que pudessem  ser comemorados. Na noite de ontem, o chuvisco foi persistente e se tornou chuva abundante, trazendo uma parte da água que Queimada Nova precisa. A felicidade estampada no rosto da população foi nítida e as oficinas precisaram ser interrompidas por alguns minutos para permitir os comentários de boas-vindas à chuva.
Enquanto alguns rondonistas viam a chuva do alojamento, outros voltavam do trabalho pisando em poças na rua. E na noite, antes do descanso, todos puderam se deitar como se no dia seguinte fossem encontrar uma cidade nova, pois com toda a seca, mais que uma necessidade física, a água da chuva veio também para lavar o espírito de toda gente que mora por essas bandas.



Um comentário: