sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Curso de Aprofundamento visa formar profissionais para enfrentar o problema da aprendizagem

A Fundação para o Desenvolvimento de Ensino Pesquisa e Extensão (FUNDEPE), promove o curso “Estratégias de Intervenção Para os Problemas de Aprendizagem e Atenção: abordagem clínica e educacional”, que visa à formação de profissionais, principalmente da área de educação, para ajudar os escolares com dificuldades de aprendizagem.

O objetivo é aprofundar os conhecimentos para uma atuação prática nos contextos clínico e educacional, auxiliando os profissionais das áreas da saúde e educação para que possam elaborar propostas interventivas a partir de um raciocínio prático acerca dos diferentes problemas da aprendizagem e da atenção.

O curso tem duração de 11 meses, é composto de 11 módulos e as aulas terão início em fevereiro. O local de realização será na Rua João Wyclif, 530, Gleba Palhano, Londrina. A inscrição dever ser feita no site da FUNDEPE, http://www.fundepe.com/novo/curso-de-aprofundamento-londrina/, onde também estão disponíveis demais informações e valores do curso.

Mais informações pelos fones (43) 3327-2494 e (43) 9911-8262.

FUNDEPE promove o curso de extensão voltado aos Transtornos da Aprendizagem e da Atenção

Para buscar melhor compreensão sobre os problemas da aprendizagem a Fundação para o Desenvolvimento de Ensino Pesquisa e Extensão (FUNDEPE) oferece o curso “Avaliação e Intervenção Multiprofissional nos Transtornos da Aprendizagem e da Atenção”. As inscrições já estão abertas, e tem como público alvo os profissionais das áreas de saúde e educação.

Este curso de extensão tem por objetivo discutir os princípios da avaliação e intervenção multidisciplinar dos transtornos da aprendizagem e dos transtornos da atenção em uma perspectiva clínica e educacional, oferecendo suporte técnico-científico para prática profissional clínica e educacional com escolares que apresentam Transtorno de Aprendizagem, Dislexia, Disortografia, Disgrafia, Discalculia, Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade e Dificuldade de Aprendizagem.

O curso é composto de 13 módulos, tem duração de 11 meses, com início previsto já para fevereiro. As aulas serão realizadas em Londrina, na Rua João Wyclif, 530, Gleba Palhano. A inscrição tem custo de R$ 80 e deve ser realizada na página do FUNDEPE, http://www.fundepe.com/novo/curso-de-extensao-londrina/, onde também estão disponíveis demais informações e valores do curso.

Mais informações pelos fones (43) 3327-2494 e (43) 9911-8262.

Abertas inscrições para o 27º Prêmio de C & T

Agência UEL

Estão abertas as inscrições para o 27º Prêmio Paranaense de Ciência e Tecnologia que tem o objetivo de divulgar produções de pesquisadores paranaenses, inventores independentes e de jornalistas científicos. Este ano serão contempladas as áreas de Ciências Humanas e Sociais e Ciências Agrárias. As inscrições podem ser feitas até 31 de março, no site www.seti.pr.gov.br, onde os interessados poderão conferir o edital completo do prêmio.

A premiação contempla quatro categorias (pesquisador-extensionista, estudante de graduação, inventor independente e jornalista científico). Os vencedores de cada categoria receberão premiação em dinheiro, equivalente a percentuais dos vencimentos da carreira de professor titular nas Universidades Paranaenses. Os trabalhos serão julgados por uma comissão composta por cinco profissionais de cada uma das áreas definidas.


quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Conheça a equipe da UEL que vai trabalhar no Projeto Rondon, em Vila Nova dos Martírios – Maranhão

Uma equipe de oito alunos e dois professores da Universidade Estadual de Londrina (UEL) viaja nesta sexta-feira (24/01) para iniciar as atividades no Projeto Rondon, uma ação do Ministério da Defesa.

O grupo integra a “Operação Portal da Amazônia”, e vai desembarcar no município de Vila Nova dos Martírios - Maranhão, onde realizará trabalhos que atendam as prioridades e necessidades da região, por meio de oficinas, palestras e assistências.

Conheça os integrantes da equipe de rondonistas da UEL.



Camila Rios do Amaral, 24 anos. Música/4º ano

Camila vai promover oficinas sobre educação sexual e a cultura associada ao gênero, além de colaborar em outras oficinas e atividades conjuntas.








Letícia Cardoso da Silva, 24 anos. Farmácia/5º ano

A aluna de Farmácia realizará oficinas voltadas às áreas de saúde, com palestras de prevenção de hipertensão, diabetes, doenças endêmicas e de combate às drogas.






Luciana Finco Mendonça, 28 anos. Artes Visuais/4º ano

Ela estará levando diversas oficinas das áreas de Cultura e Educação, como atividades de pintura com tintas naturais, confecção de fantoches, contação de histórias e oficina de escultura em argila.








Natália de Albuquerque, 21 anos. Odontologia/5º ano

A jovem também estará responsável pela área da saúde, além de trabalhar em parceria com Letícia, nas mesmas oficinas, Natália vai realizar a oficina de saúde bucal.








Oriane de Souza P. Martins Dos Santos, 33 anos. Esporte/4º ano

A aluna de Esporte vai proporcionar momentos de descontração e interação social com oficinas de jogos e recreação voltadas ao público em geral.








Solange Guelere Favoreto, 48 anos. Serviço Social/ 4º ano

Solange estará responsável pelas oficinas de sexualidade e prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), bem como estará auxiliando as outras atividades em conjunto.







Yuna Helena Martins de Vilhena, 23 anos. Direito/5º ano

Yuna proporcionará oficinas sobre direitos humanos e justiça, com palestras sobre legislação trabalhista e estatuária, dentre outros assuntos correlacionados ao direito.







João Bruno Hildebrando, 22 anos. História/4º ano

O aluno desenvolverá atividades na área de educação e cultura e também colaborará na revitalização de área pública.





Cláudio Luiz Garcia, professor de Artes Visuais

Cláudio é professor do Centro de Educação Comunicação e Artes (CECA) da UEL e vai realizar uma oficina de xilogravura, além de ajudar na coordenação da equipe e em outras oficinas.




Denílson de Castro Teixeira, 46 anos, professor de Educação Física

O professor do Centro de Educação Física e Esporte (CEFE) é o responsável por coordenar toda a equipe (documentação, alimentação, estadia e saúde), auxiliar os alunos durante as atividades e pelo cumprimento da proposta selecionada pelo Ministério da Defesa. Ele esteve em Vila Nova dos Martírios, para conhecer melhor o local e levantar dados a fim de ter melhor aproveitamento na Operação.


A equipe de rondonistas foi selecionada após uma avaliação das necessidades do local de atuação. Com a equipe formada e os dados colhidos sobre o município, foram realizadas reuniões sobre as oficinas que poderiam ser ministradas no local e quais teriam melhor efeito sobre a população.

A equipe estará desenvolvendo trabalhos usando tecnologias e procedimentos compatíveis para as atividades do grupo, tendo enquanto variáveis pessoais: motivação, compromisso, ética e liderança dos envolvidos.

É objetivo do Rondon contribuir, por meio de ações levadas ao município para o qual a Instituição de Ensino Superior (IES) foi selecionada, para o desenvolvimento local sustentável nas temáticas de Saúde, Educação, Direitos Humanos e Justiça e Cultura.

A equipe da UEL estará em atividades no município até o dia 10/02.

Operação ACiSo e ASSHOP

Além dos oito alunos, também foi selecionada a aluna de Enfermagem Lívia Sanches, que, com mais 29 universitários de outras IES, participará de atividades paralelas junto à Marinha do Brasil. Ela já está em ação e viajou no último dia 18/01 em missões de “Ação Civil-Social” (ACiSo) e “Assistência Hospitalar” (ASSHOP), que visa atender comunidades ribeirinhas, nos Estados do Pará e Amazonas.


Lívia Sanches Silva, 21 anos. Enfermagem/4º ano

A aluna está responsável por organizar oficinas sobre prevenção de gravidez, Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) e AIDS, de atividades físicas e saúde para jovens e adultos e oficinas para recreação infantil. Ela também participa de ações coletivas para auxiliar os profissionais da Marinha.

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Vaga para estagiário na Divisão de Eventos da PROEX

A PROEX abriu vaga para estagiário do curso de Comunicação Social: Relações Públicas, que esteja cursando o terceiro ano noturno em 2014, para atuar na Divisão de Eventos no período da manhã. Favor realizar inscrição na Central de Estágio do PR, até dia 05/02/2014. A vaga é de nº 78254.

Contatos:
Vera
3371-4592