terça-feira, 26 de agosto de 2014

Rondonistas fazem balanço da Operação Catopê

Agência UEL



Estudantes da UEL que integraram a última edição do Projeto Rondon, “Operação Catopê”, receberam os certificados de participação nesta segunda-feira (25), na reitoria. O grupo de alunos e professores da UEL permaneceu de 15 de julho a 4 de agosto, no norte de Minas Gerais, com o objetivo de atender a população de 13 municípios. A equipe desenvolveu ações no município de Coração de Jesus, com cerca de 26 mil habitantes. As ações também beneficiaram a população de localidades como Alvação, Brejinho, São Joaquim e São Geraldo, com iniciativas nas áreas de Saúde, Justiça e Cidadania.

A equipe organizou oficinas direcionadas a professores e junto aos moradores. Os alunos foram acompanhados pelas professoras Rosely Maria de Lima, do Departamento de Geociências e Solange Ramos, do Departamento de Histologia. Participaram da Operação Catopê os alunos: Suelen Jordão (Educação Física), Larissa Ueno, (Enfermagem), Vinicius Pugliesi e William Fernandes (Direito), Bruna Paes (Música), Vitor Santos (História), Aline Moraes (Pedagogia) e Caio Cunha (Geografia). Além da aluna do 5º ano do curso de Odontologia, Kezia Emy Shigueoka, a única selecionada em todo o Paraná para participar da missão oficial da Marinha do Brasil, em Manaus (AM).
Kezia atuou no interior do Navio de Assistência Hospitalar Soares Meirelles também durante 15 dias, com estudantes de Universidades do Rio Grande do Sul, Alagoas e Espírito Santo. A ação foi desenvolvida dentro do Projeto Rondon e promoveu orientação e prevenção de saúde junto a população ribeirinha da localidade. O Navio de Assistência Hospitalar oferece atendimento médico e odontológico às comunidades da região amazônica.

A reitora da UEL, Berenice Quinzani Jordão destacou a importância do Projeto Rondon na formação profissional dos alunos. “Sem dúvida, a experiência será incorporada à vida profissional deles”, disse. A professora Solange Ramos também afirmou que as ações foram intensas no sentido de criar melhores condições de vida para a comunidade dos locais atendidos. O Projeto Rondon é uma iniciativa do Ministério da Defesa e representa um espaço de formação e ação multidisciplinar, que possibilita ao estudante a construção de projetos sociais em comunidades carentes do país. Na UEL, o Rondon é de responsabilidade da Pró-reitoria de Extensão (PROEX), que realiza o processo de seleção dos alunos, além de fornecer todo apoio logístico à cada edição do projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário