sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Grupo de rondonistas da UEL vai atuar na Paraíba

Agência UEL

Oito estudantes de seis cursos de graduação da UEL vão atuar a partir deste sábado (24) na cidade de Tacima, município do Estado da Paraíba, dentro da operação Porta do Sol (ação B), do Projeto Rondon. A equipe de rondonistas da UEL é responsável pelos trabalhos relacionados às ações do conjunto B, que prevê oficinas e atividades nas áreas de Comunicação, Meio-Ambiente, Trabalho, Tecnologia Social e Produção. O objetivo é desenvolver atividades que contribuam para o desenvolvimento sustentável da comunidade local.

Com a missão de desenvolver ações universitária junto às comunidades carentes da região, os rondonistas permanecem no município até dia 7 de fevereiro. Outras Universidades, entre elas a UNESP, também participarão da missão no Estado da Paraíba, que beneficiará 15 municípios da região. Os estudantes da UEL são dos cursos de Agronomia (CCA), Medicina Veterinária (CCA), Arquitetura e Urbanismo (CTU), Ciências da Computação (CCE), Ciências Econômicas (CESA) e Ciências Biológicas (CCB).

O grupo será acompanhado pelos professores Carmen Hilst, do Departamento de Clínicas Veterinárias, do CCA, e Carlos Alberto Miqueloto, do Departamento de Biologia Geral, do Centro de Ciências Biologias (CCB). São os estudantes Arthur Ribeiro da Silva, Dione de Lira Vanzo, Euripedes Simões de Paula Junior, Érika Afra Bordoni, Gabriel Prado de Carvalho, Géssica Andressa Krominski, Leandro Miorim Rocha e Patrick Eugênio Luz.

Na UEL, o Projeto Rondon é de responsabilidade da Pró-reitoria de Extensão (PROEX), que realiza o processo de seleção, além de fornecer apoio logístico à cada edição. No país, o projeto é coordenado pelo Ministério da Defesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário