Exposição retrata beleza das mulheres negras de coletivos

Agência UEL


Será aberta no próximo dia 28 de março, às 19h30, na Réplica da Igreja Matriz de Londrina, localizada no Calçadão, a Exposição "Tulipas negras - mulheres londrinenses". A exposição é da professora aposentada da UEL, a fotógrafa Lucinea Rezende, que retratou 21 mulheres negras. Elas fazem parte dos grupos londrinenses Coletivo Black Divas e Orgulho Crespo de Londrina.

A exposição ficará aberta de segunda-feira a sexta-feira, das 8h30 ao meio, e das 13h30 às 17h30. O fazer fotográfico de Lucinea Rezende, responsável pela coordenação e produção do projeto, está voltado às faces sociais cotidianas. Neste sentido, ela retrata as mulheres negras desde 2017, com o objetivo de conhecer mais detidamente o universo delas.

A iniciativa contou com a colaboração de Sandra Mara Aguillera, coordenadora dos coletivos Black Divas e Marcha do Orgulho Crespo.   


Serviço

Exposição "Tulipas negras - mulheres londrinenses" - Fotógrafa Lucinea Rezende. 

Dia: 28 de março, às 19h30, Réplica da Igreja Matriz de Londrina, no Calçadão do Campus Universitário. 

Comentários