HU/UEL oferta curso semipresencial sobre cateter central de inserção periférica

Agência UEL


Será realizado de 21 de setembro a cinco de outubro, o 2º Cateter Central de Inserção Periférica Semipresencial, promovido pela diretoria de Enfermagem do Hospital Universitário (HU/UEL).  As inscrições começam nesta terça-feira (25) e seguem abertas até as vagas se esgotarem. O curso é pioneiro no Brasil e ensina técnicas para terapias intravenosas de longa permanência. 

O Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP/PICC), conhecido como PICC, é utilizado para terapias intravenosas de longa permanência, maior que sete dias, em ambulatórios, hospitais, internação domiciliar, entre outros. No Brasil, a inserção do PICC teve início em UTI Neonatal.

Na primeira edição do curso PICC Semipresencial – realizado de 25 de junho a 14 de julho – o total de 39 enfermeiros e alunos do último ano do c urso de enfermagem se formaram.Segundo a chefe da Divisão de Ensino e Pesquisa (DEPE), enfermeira Sheila Esteves, o curso acontece desde 2005 e já qualificou mais de 1.477 profissionais, porém sempre ocorreu no formato 100% presencial.


Promoção é da Diretoria de Enfermagem do HU/UEL (FOTO: Arquivo/COMUEL)

“Com o advento da pandemia de Covid-19 foi necessário que o HU/UEL se reinventasse  e lançasse o curso de PICC semipresencial, o qual teve carga horária de 24 horas, sendo 20 de teoria e quatro de aula prática”. Essa modalidade tornou possível para o aluno, dentro da carga horária teórica, revisitar as temáticas abordadas, além de assistir as aulas, previamente gravadas, no tempo mais adequado ao seu cotidiano”, explica a enfermeira.

Ainda conforme Sheila, o curso exigiu da equipe muita dedicação e planejamento para que fosse executado em 30 dias. “Todos os esforços foram gratificantes, devido à riqueza do conteúdo teórico e prático apresentado, e também pela avaliação positiva dos alunos”, esclarece.

Conteúdos – Os temas abordaram todos os aspectos que envolvem uma terapia intravenosa de longa duração como aspectos éticos e legais da utilização do CCIP/PICC, segurança do paciente em terapia infusional, anatomia do sistema venoso para terapia infusional, como escolher o melhor dispositivo venoso com segurança para o paciente, farmacologia aplicada à utilização de CCIP/PICC, inserção do CCIP/PICC por punção direta e guiada por ultrassom, teoria e prática aplicada ao adulto, manutenção do CCIP/PICC, identificação e intervenção nas complicações na utilização do CCIP/PICC, aspectos radiológicos na inserção do CCIP/PICC e inserção do CCIP/PICC – teoria e prática aplicada ao paciente pediátrico e neonatal.

Inscrições – Inscrições e informações pelo telefone 43 3325-0724 ou HUTEC.

Comentários