quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Inscrições para o “III SEPEM” irão até sexta-feira

O Departamento de Matemática promove o “III SEPEM – Seminário de Professores e Pesquisados Vinculados ao Projeto Educação Matemática de Professores que Ensinam Matemática”. O evento será realizado nos dias 1 e 2 de Dezembro, no Departamento de Matemática da Universidade Estadual de Londrina.

O seminário é voltado para professores e pesquisadores vinculados ao projeto Educação Matemática de Professores que Ensinam Matemática, alunos de graduação e pós-graduação da UEL e professores do PDE. O objetivo é fomentar a discussão de projetos de pesquisa acadêmico-cientificas sobre Educação Matemática, bem como divulgar praticas escolares. Além disso, o evento busca discutir estudos e pesquisas que fomentem a produção acadêmica na Educação Básica, Graduação e Pós-Graduação.

A coordenação é da professora Angela Marta Pereira das Dores Savioli. Inscrições podem ser realizadas no seguinte endereço: http://www.uel.br/eventos/insc/?id=1628. A taxa é de R$5,00, para emissão de certificado. Mais informações pelo telefone 3371-4226, ou enviar e-mail para angelamarta@uel.br.

Estudantes do curso de Farmácia realizam atividades pela campanha Novembro Azul

A campanha faz parte de um projeto de extensão do curso de Farmácia. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico do câncer de próstata.

Clique no link abaixo para assistir reportagem da TV UEL.

Feirinha da Cidadania

A Feirinha da Cidadania, que seria nesta sexta-feira (28), no estacionamento da Reitoria, foi cancelada por motivo de chuva.

Informamos também, que o Centro Público de Economia Solidária estará no Centro de Ciências Biológicas (CCB) nesta sexta-feira, dia 28, das 08h30 às 17h00, comercializando produtos dos grupos de trabalho coletivo, como pães, roscas, vasos de fibra sintética, bombons, bolachas, cafés, artesanatos em geral.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Encontro sobre Psicologia Social será realizado hoje, 25/11

O Encontro “Subjetivações e Travess(i)as Contemporâneas em Psicologia Social”, realizado pelo Departamendo de Psicologia Social e Institucional, será realizado hoje, dia 25/11, a partir das 18h, na sala 201 do Centro de Ciências Biológicas (CCB), também conhecido como “Piniquinho”.

Destinado a estudantes, professores e comunidade em geral que se interessa pela Psicologia Social Contemporânea, o encontro busca aprofundar as pesquisas dos estudantes em questões contemporâneas da Psicologia Social a partir das contribuições de especialistas no tema. Além disso, ele também tem o intuito de promover o estreitamento de laços entre a Unesp de Assis e a Universidade Estadual de Londrina. Confira a programação:

18h - Abertura

18h15mi-20h- Mesa- Redonda – “Errância e Errantes como Subjetivações Trajetivas na Atualidade: o caso dos andarilhos, trecheiros e pessoas em situação de rua”. Com a participação de Josè Sterza Justo, professor do curso de psicologia da Unesp Assis, e de Eurípiedes Costa do Nascimento, Doutor e pós-doutorando do programa de Pós-Graduação em Psicologia pela Unesp-Assis.

20h-20h15 – Intervalo

20h15-21h30 – Roda de Conversa “Conversas Nada Inocentes entre Psicologias, sexualidades e gêneros na transconteporaneidade”. Com William Siqueira Peres, professor de Psicologia da Unesp – Assis.


A coordenação é da professora Joana Sanches Justo. Inscrições devem ser feitas no local, com uma taxa de R$ 5,00, para emissão de certificados. Mais informações no telefone 3371-4487, ou enviar e-mail para psisoin@uel.br

Esforço e superação marcaram Prova Pedestre

Agência UEL

 Prova reuniu gerações de atletas amadores e profissionais

Sob um céu nublado, porém com ânimo e determinação, mais de 800 atletas participaram da Prova Pedestre UEL/2014, neste domingo (23), com largada e chegada no Centro de Educação Física e Esporte (CEFE), no Campus Universitário. A prova pode ser definida como um encontro de gerações de atletas, desde aqueles que treinam profissionalmente e buscam melhorar tempos a cada prova, até corredores que fazem das corridas de rua desafios pessoais de superação ou que buscam qualidade de vida.

Antes da largada, às 8 horas, era possível observar a concentração dos atletas, grupos de corrida profissionais e amadores. Pouco antes da largada dos 5 e 10 km, Edgar Menezes, 60 anos, fazia uma sessão de alongamento, acompanhado da esposa, Yasmin. Ele contou que há seis meses adotou o hábito de correr e caminhar, com objetivo de vencer o sedentarismo, melhorando a qualidade de vida.

"Cheguei numa idade que fiquei sem nada para fazer em casa, então resolvi correr!", explicou animado, destacando os benefícios da atividade. Ao término da prova, seu Edgar acenou para a reportagem e comemorou a superação. "Sobrevivi!".

Assim como o aposentado, muitos vieram ao Campus na manhã deste domingo por valorizar o esporte, independente de premiação. Para estes atletas o importante é a confraternização com demais corredores. A prova também ofereceu oportunidade para iniciantes. Foi o caso do João Henrique, de 12 anos, que adora esporte e participou da prova pela primeira vez. Ele contou que o incentivo partiu da mãe, que o convenceu a testar o condicionamento físico e a resistência.

Diferente do menino, João dos Santos, 36 anos, pode se considerar um veterano em provas de rua, já que pratica atletismo há 14 anos. Mesmo com esta experiência, ele se considera um amador e que o objetivo é manter a saúde em dia, sempre buscando a superação.

A prova reuniu ainda três atletas do Sindicato dos Vigilantes de Londrina. Um deles era Arildo de Paula, 34 anos, que trabalha em um banco, e que participou da prova pela terceira vez. Ele menciona, que mais do que um esporte, a corrida colabora para enfrentar o dia a dia da profissão. "Por ficar muito tempo em pé, alguns músculos começavam a doer, mas com a prática da corrida tive uma melhora geral", afirmou.

A cerimônia de premiação foi realizada no Ginásio João Santana, no CEFE, destacando os melhores classificados nas diferentes categorias. Um dos destaques foi Marcos Gomes, do Corpo de Bombeiros de Londrina, bicampeão na prova dos 10 km. Ele disse que a profissão o ajudou no preparo físico e que treina corrida seis vezes por semana. Ele acredita que a cidade poderia ter mais disputas de atletismo. "A Prova Pedestre UEL é uma das poucas existentes na cidade. Acho que deveria ter muito mais, pois o povo gosta de participar, competir", destacou ao mencionar a quantidade de inscritos.

Marcos Gomes, foi o bicampeão da Prova, na categoria 10 KM, masculina

O Pró-reitor de extensão da UEL, Sérgio de Mello Arruda, representou a UEL, na cerimônia de entrega das medalhas. A professora Maria Aparecida Vivan de Carvalho, do Departamento de Anatomia da UEL, foi homenageada pela iniciativa de criar a Prova Pedestre, em 2007.

O resultado final, com o tempo dos atletas de todas as categorias, será disponibilizado no endereço http://www.euvoueuvou.com.br/. Confira também a reportagem do ParanáTV  da RPCTV clicando neste link http://g1.globo.com/pr/parana/paranatv-1edicao/videos/t/londrina/v/prova-pedestre-da-uel-teve-mais-de-oitocentos-participantes/3786162/.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Projeto de extensão beneficiou 1.100 crianças

Agência Uel


Para a a professora Maria Luiza, atividades buscam desenvolver valores éticos


Há cinco anos, a professora Maria Luiza Marinho Casanova, do Departamento de Psicologia Geral e Análise do Comportamento da UEL, coordena projeto de extensão que tem o objetivo de atender crianças e adolescentes carentes da região Leste de Londrina. Neste tempo o projeto "Ações multidisciplinares para estruturação familiar e inclusão social em bairros pobres do município de Londrina" beneficiou diretamente cerca de 1.100 crianças, de 6 a 12 anos.

As atividades tiveram início em 2009, quando evoluiu para o subprojeto "Escola de valores: prevenção da violência e do uso de drogas". Segundo a professora, o objetivo é desenvolver qualidades como amizade, verdade e respeito. "Ensinamos, mas também aprendemos muito com elas", compara.

As atividades são realizadas quatro dias na semana, em um barracão na zona leste, oferecendo atendimento para crianças dos bairros Monte Cristo, Pindorama, Morro do Carrapato e Jardim Santa Fé. Nesses cinco anos, foram atendidas crianças e adolescentes na sede, além de moradores dos quatro bairros, alunos do Ensino Fundamental favorecidos com doação de material escolar por meio do subprojeto "Meus estudos, meu futuro".

O projeto ainda contemplou atividades de alfabetização e reforço escolar; atendimento odontológico; além de visitas a diversos locais como no centro da cidade, UEL, autódromo, ExpoLondrina, Teatro Marista e cinema; e também participação na maratoninha da Caixa e do meu 1º Triathlon.

Segundo a professora, todas as atividades vislumbram uma nova realidade para as crianças, oferecendo oportunidades para que elas se desenvolvam. "Desde o ano passado, começamos a atividade do futebol, onde elas precisam trabalhar em equipe, com outras crianças de idade diferente, e aprendem a respeitar o outro e também a fazem amizade", afirma Maria Luiza Casanova.

Como extensão, o projeto teve a participação de cerca de 40 estagiários de psicologia, além de estudantes de pedagogia e odontologia, que auxiliaram em algumas atividades. Porém, a maioria delas é organizada somente pelo casal. O que para a professora não é problema, porque elas aprendem a cooperar.

Informalidade

De acordo com a professora, o índice de adolescentes que param de estudar antes do Ensino Médio é muito grande e o emprego que conseguem, devido a isso, acaba sendo somente o informal. "Nesses cinco anos, acredito que conseguimos mostrar uma nova realidade para elas, que vai muito além do bairro. Em uma carta que pedimos para que escrevessem, elas contaram que tem o desejo de fazer faculdade e de trabalhar", afirma.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Prova Pedestre da UEL terá 821 participantes

Agência Uel

Atletas amadores e profissionais disputarão provas de 3, 5 e 10 KM, no Campus
Exatos 821 atletas estão inscritos para a Prova Pedestre da UEL, que será realizada neste domingo (23), com largada do Centro de Educação Física e Esporte (CEFE), no Campus Universitário, a partir das 8 horas. Atletas amadores e profissionais disputam as provas de 3, 5 e 10 quilômetros (masculino e feminino), nas categorias juvenil, adulto, pré-veterano e veterano. Todo o percurso será realizado no Campus Universitário, seguindo a tradição da prova, criada originalmente para integrar estudantes de Instituições de Ensino Superior da região e que posteriormente se fixou no calendário do atletismo local.

Nos últimos três anos a disputa recebeu mais de 600 participantes, em média. A iniciativa atualmente busca integrar a comunidade interna e externa da UEL por meio do esporte, com foco também na filantropia. Este ano serão arrecadados alimentos para o Hospital do Câncer de Londrina (ICL). Todos os atletas inscritos serão estimulados a doarem de uma caixa de chá pequena ou um quilo de açúcar.

Os cinco melhores classificados, nas categorias masculino e feminino, vão receber troféu e vale compras no valor de R$ 300,00 (1º lugar); R$ 200,00 (2º lugar) e R$ 100,00 (3º, 4º e 5º lugares). Todos os atletas que completarem a prova terão direito à medalha.

Os inscritos devem retirar os kits, que inclui o chip descartável, neste sábado (22), das 9 às 20 horas, na Adventure Imports, na Avenida Ayrton Senna n° 500, Loja 03, Torre Peitra, Gleba Palhano. Cada atleta poderá preencher um cupom para concorrer a um GPS Automotivo Garmin Nuvi 295w, com mapas do Brasil e um tênis recomendado para provas.

Destaque

Confirmada para o mundial de Ironman que será realizado no Havaí, em outubro do próximo ano, a atleta londrinense, Lahis Francielli Pereira de 22 anos, não deverá participar da prova deste domingo, embora esteja inscrita. A atleta se recupera da prova realizada em 9 de novembro, em Fortaleza (CE), que durou quase 14 horas e exigiu fôlego, técnica e resistência para as etapas de 42 KM de corrida, 180 KM de bicicleta e 3,8 KM de natação.

A boa colocação da londrinense em Fortaleza valeu a indicação para o mundial do Havaí, no ano que vem. Uma curiosidade é que a atleta, hoje destaque nacional, se interessou pelas corridas de rua participando da 5ª edição da Prova Pedestre da UEL, há dois anos. Neste tempo Lahis melhorou metas, performance e condição física até se tornar um dos expoentes do atletismo brasileiro.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

II Curso de Introdução ao Método Materialista Histórico e Educação Física está com inscrições abertas

Departamento de Estudos dos Movimentos Humanos, promove o “II Curso de Introdução ao Método Materialista Histórico e Educação Física”. Será realizado entre os dias 20/11 e 11/12, na sala 926, no Centro de Educação Física e Esporte (CEFE) da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Destinado a professores, estudantes de Educação Física, alunos de outros cursos e comunidade em geral., e tem como objetivo buscar a apropriação da teoria que fundamente a concepção pedagógica crítico-superadora, que aponta como objeto de estudo a cultura corporal. Além disso, busca constituir um espaço de formação cultural e cientifica para professores e alunos, entendendo que isso terá um reflexo nas suas práticas pedagógicas e políticas.

A coordenação é do professor Fernando Pereira Cândido. Inscrições devem ser realizadas na sala 926, ou na sala de apoio a extensão, localizadas no CEFE. A taxa é de R$5,00, para emissão de certificados. Mais informações nos telefones 3371-5483, (43) 9842-1643, ou enviar e-mail para fercandido.emh.uel@gmail.com

Inscrições para Semana Acadêmica em Ciência da Informação estão abertas

XIV Semana Acadêmica em Ciência da Informação (SACI) é uma iniciativa do Departamento de Ciências da Informação e será realizado nos dias 19 e 21 de novembro, no próprio Departamento, localizado no Centro de Educação, Comunicação e Artes (CECA). O evento é destinado a alunos e professores dos cursos de Arquivologia e Biblioteconomia.

Nessa edição, o encontro de pesquisadores propicia a motivação dentre os alunos para novas pesquisas no âmbito da arquivologia, e busca promover a disseminação das pesquisas de conclusão de curso desenvolvidas pelos alunos. O evento se faz importante por propiciar a motivação dentro do corpo discente para novas pesquisas nos âmbitos dos dois cursos.

A coordenação é da professora Luciene de Fátima Beckman Cavalcante. Inscrições podem ser realizadas no endereço: http://www.uel.br/eventos/insc/?id=1859, até dia 21/11. O valor da taxa é de R$5,00. Mais informações no telefone 3371-4348, ou enviar e-mail para lucifbc@gmail.com

Prova Pedestre já tem 780 inscritos

Agência UEL

Terminam nesta terça-feira (18) as inscrições para a Prova Pedestre UEL/2014, que será realizada no dia 23 de novembro, com largada no Centro de Educação Física (CEFE), no Campus Universitário, a partir das 8 horas. Atletas amadores e profissionais podem fazer a inscrição pelo site www.euvoueuvou.com.br, no valor de R$ 43,00. Até o momento estão inscritos 780 atletas, de acordo com a Pró-reitoria de Extensão (PROEX) da UEL, realizadora do evento.

As modalidades da Prova são: 3km, 5km, 10km e treinador. Os cinco atletas da categoria geral masculino e feminino vão receber, além de medalha de participação, troféu e prêmio em vale compras, no valor de R$ 300,00 (1º lugar); R$ 200,00 (2º lugar) e R$ 100,00 (3º, 4º e 5º lugares). Todos os atletas que completarem a prova terão direito à medalha.

A entrega dos kits será realizada juntamente com o chip descartável, nos dias 22 de novembro das 9 às 20 horas, na Adventure Imports, na Avenida Ayrton Senna n° 500, Loja 03, Torre Peitra, Gleba Palhano. Cada inscrito poderá preencher um cupom para concorrer a um GPS Automotivo e um tênis recomendado para provas.

A organização da prova recomenda que cada participante doe uma caixa de chá pequena ou um quilo de açúcar, na retirada do kit. As doações serão repassadas ao Hospital do Câncer de Londrina (ICL).


quinta-feira, 13 de novembro de 2014

UEL receberá palestrante espanhol da área de arquitetura

“Arquitetura e Prestigiadores” são temas de palestra do professor doutor Óscar Pedrós Fernández da Universidade A Coruña, que será realizada amanhã (14) às 19h30 no anfiteatro da morfologia, sala 241. Esse evento é uma iniciativa do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da UEL.

O objetivo desse encontro é proporcionar intercambio entre docentes, discentes e profissionais da área de arquitetura e urbanismo com o arquiteto e professor espanhol, Óscar Pedrós Fernández, convidado para falar sobre o panorama atual da arquitetura contemporânea europeia e apresenta obras de autoria própria realizadas na Espanha.

A coordenação é do professor Manfreide Henrique Martinez. O evento é aberto a toda comunidade, não havendo inscrição. Para mais informações, ligue: 3371-4090.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Estão abertas as inscrições para o Seminário de Estágio do Curso de Pedagogia 2014

O estágio supervisionado e suas implicações na formação do pedagogo é tema do Seminário de Estágio do Curso de Pedagogia 2014, que é promovido pelo Departamento e Colegiado de Pedagogia desde 2005. A abertura será no anfiteatro do prédio do Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE), no dia 17, e as apresentações nas salas do mesmo prédio, nos dias 18 e 19.

Nessa edição o encontro busca socializar as atividades do estágio supervisionado entre alunos de graduação do curso de pedagogia, professores do PDE, supervisores de estágio e orientadores de campo a fim de avaliar o desenvolvimento dos estágios e articular discussões entre a Universidade e os diferentes campos de atuação. Partilhando experiências desde Educação Infantil e Anos Iniciais à Gestão Formal e Não Formal.

A coordenação é da professora Marleide Rodrigues da Silva Perrude. Os interessados deverão se inscrever no endereço http://www.uel.br/eventos/insc/?id=1827,  até segunda-feira (17/11) e há taxa de R$ 10,00. Para mais informações, ligue: 3371-4338 ou escreva para coordenacaoped@uel.br.

Confira a programação:

Data: 17/11/2014
Abertura do Evento
Horário: 08h20min
Comunicação oral: Estágio Supervisionado nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental
Local: Anfiteatro e Salas do PDE

Data: 18/11/2014
Comunicação Oral
Local: Salas de Aula do CECA
Horário: 8h20min às 11h30min

Grupo de Trabalho 1 – Reflexões sobre o Estágio Supervisionado no Curso de Pedagogia
Participantes: Alunos do curso de Pedagogia
Local: Sala 685
Horário: 19:00

Comunicação Oral – Estágio Supervisionado em Educação Infantil
Estágio Supervisionado em Gestão Pedagógica
Horário: 20h00min às 22h30min
Local: Sala de Aula do Curso de Pedagogia

Dia 19/11/2014 – Grupos de Trabalho
Grupo 1: Reflexões sobre o Estágio Supervisionado no Curso de Pedagogia
Participantes: Alunos do curso de Pedagogia
Local: Anfiteatro do PDE
Horário: 8h20min

Grupo 2 – Reflexões sobre o Estágio Supervisionado Não Obrigatório
Participantes: Estagiários
Horário: 08h20min
Local: Sala 04 do PDE

Grupo 3 – Reflexões sobre o Estágio Supervisionado Obrigatório e Não Obrigatório
Participantes: Atividade Fechada para os Orientadores de Campo das Escolas
Horário: 14h15min – Sala 04 do PDE

Grupo 4 – Reflexões sobre o Estágio Supervisionado
Participantes: reunião fechada para os supervisores do Estágio Supervisionado em Educação Infantil nos Anos Iniciais, Gestão Escolar e Não Escolar
Horário: 14h15min
Local: Salas do PDE

Grupo 1 – Reflexões sobre o Estágio Supervisionado no Curso de Pedagogia
Participantes: Alunos do Curso de Pedagogia
Local: Sala 04 do PDE
Horário: 10h00min

Encerramento – Anfiteatro do PDE
Lançamento de Livro: 20h00min
Mesa Redonda: 20h30min
Tema: O Estágio Supervisionado e suas implicações para a formação do Pedagogo. (Supervisores representes e das áreas e representantes de alunos)

UEL homenageia Casa de Apoio do HU

Agência UEL

A Associação dos Voluntários do Hospital Universitário de Londrina completa 35 anos de atividades na próxima quinta-feira (13) com a ampliação da campanha de apoio destinada aos servidores da UEL, que busca fortalecer o trabalho da instituição. O lançamento, com direito à festividade de aniversário, será nesta quinta, a partir das 10 horas, no Anfiteatro do HU. A cerimônia contará com a participação da reitora, Berenice Quinzani Jordão.

Fundada em novembro de 1979, a entidade sobrevive exclusivamente com doações e voluntariado. A casa foi criada inicialmente para atender renais crônicos, que necessitavam de hospedagem para o tratamento. A primeira sede própria foi adquirida em 1985, na Avenida Salgado Filho, o que obrigava pacientes e familiares a se deslocarem. Em novembro de 1998, por meio do trabalho voluntário e muitas promoções, a associação adquiriu a sede atual, na Rua Mitsuge Ohara, 151, no Conjunto do Café, nas proximidades do Hospital.

A entidade atende a cerca de 50 pessoas/mês. Segundo a presidente da entidade, Hezir Thomaz da Cruz, a expectativa dos voluntários é ampliar a arrecadação para poder adquirir um imóvel maior, com foco na ampliação da capacidade de atendimento. Existe ainda um projeto de prestar apoio a crianças com câncer.

Segundo a presidente, quem mais utiliza a Casa são familiares de bebês internados na UTI Neonatal, além de parentes de pessoas com queimaduras, que utilizam o Centro de Tratamento de Queimados (CTQ). “São pessoas de fora, que não conhecem a cidade e não têm parentes por aqui”, destaca ela.

Campanha

Além de participar do aniversário da Instituição, a diretoria da Casa de Apoio e a administração da UEL querem fortalecer a campanha interna direcionada a professores e Agentes Universitários para doações mensais espontâneas, por meio de desconto em folha de pagamento. Por mês são repassados à entidade cerca de R$ 800,00. Mas é preciso mais para garantir o pagamento da despesa fixa de água e luz, além do pagamento de uma funcionária, que cuida da limpeza e da alimentação dos hóspedes. Pela campanha, qualquer Agente Universitário pode colaborar, bastando acessar o formulário disponível no portal do servidor. Os interessados podem preencher o formulário e entregá-lo na PRORH. Os valores de doação são espontâneos, a partir de R$ 5,00.

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Simpósio avalia impacto da extensão na sociedade

Agência UEL

Começou nesta quarta-feira (5) a 3ª edição do Simpósio de Extensão Universitária (Por Extenso), que busca divulgar a produção extensionista da UEL e refletir sobre resultados dos projetos. As atividades prosseguem até esta quinta, no Centro de Ciências Humanas (CCH).

A palestra de abertura foi ministrada pelo professor da Universidade Federal do Alagoas (UFAL), José Roberto dos Santos, sobre a Curricularização da extensão, que mostrou o potencial dos projetos e os impactos que podem causar à sociedade. A palestra foi seguida por mesa redonda, sobre a proposta de introdução da extensão na grade curricular dos cursos de graduação.

Segundo a coordenadora geral do Por Extenso, Cristiane de Conti Medina, serão apresentados cerca de 200 trabalhos de extensão produzidos por estudantes da UEL, além de 20 apresentações de projetos de ensino da universidade, três do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e três da Universidade Federal do Paraná (UTFPR). As atividades serão realizadas no Laboratório Escola de Pós Graduação (Labesc), próximos às agências bancárias do Campus.

A abertura contou com a participação do vice-reitor da UEL, Ludoviko Carnasciali dos Santos; do pró-reitor de extensão, Sergio de Melo Arrruda; da pró-reitora de graduação, Ângela Maria de Sousa Lima; do pró–reitor de pós-graduação, Amauri Alfieri; do diretor da Rádio UEL FM, Osmani Costa; de estudantes, docentes e demais servidores da UEL.


Departamento de Física promove I NanoFe

I Encontro do Projeto: a síntese de nanocompostos de ferro objetivando a solução de problemas ambientais e de saúde animal (NanoFE), é uma iniciativa do Departamento de Física. O evento será nos dias 8 e 9 de dezembro no próprio departamento promovente do Centro de Ciências Exatas (CCE) da UEL.

O objetivo deste encontro é estimular a troca e experiências entre os docentes e discentes que participam do projeto a fim de avaliar os resultados obtidos que servirá para planejar os rumos dos trabalhos a serem desenvolvidos. Esse projeto faz parte do Programa de Apoio a Núcleos de Excelência (PRONEX) do CNpq e é financiado pela Fundação Araucária

A coordenação é do professor Dimas Augusto Morozin Zaia. As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas pelo site do evento. Para mais informações, ligue: 3371-4366, envie e-mail para damzaia@uel.br ou acesse o site.

Kitarô Nishida é tema de seminários de filosofia

Seminários de Filosofia Japonesa: em torno da filosofia de Kitarô Nishida são promovidos pelo Departamento de Filosofia. O evento se estende até dia 12, das 14h às 16h, na sala 01 do Centro de Letras e Ciências Humanas (CLCH).

Esses seminários são direcionados aos professores, estudantes e comunidade interessados em filosofia ocidental e oriental, tendo por objetivo apresentar ao público algumas questões pensadas por Kitarô Nishida, filósofo japonês nascido no começo da Era Meiji (1868-1912), viveu 75 anos em uma época de abertura do país e aborda a problemática cultural, fundamental para a filosofia.

A coordenação do evento é do professor Eder Soares Santos. Os interessados deverão se inscrever no local de realização do evento e a taxa é de R$ 5,00. Mais informações, escreva para edersan@uel.br.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Extensão da UEL atende comunidade de Londrina e região

Jornal de Londrina

Atividade proporciona troca de conhecimento, que retroalimenta a universidade e melhora ensino e pesquisa. Simpósio mostra trabalhos desenvolvidos na instituição

A extensão universitária é comumente apresentada como parte de um tripé, base da vida acadêmica. As outras duas partes são o ensino e a pesquisa. É mais que isso. O Plano Nacional de Extensão define o termo como prática que interliga a universidade nas suas atividades de ensino e pesquisa com as demandas da população. Cristiane de Conti Medina, diretora de Relações Institucionais da Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da Universidade Estadual de Londrina (UEL), explica que o papel da extensão não é só levar conhecimento à população, mas promover a troca de saberes envolvendo alunos, professores e funcionários da universidade, que levam, sim, o conhecimento à sociedade, mas mais que isso, eles trazem o saber popular para retroalimentar a universidade, melhorando o ensino e a pesquisa. A extensão nunca está, de acordo com Cristiane de Conti, dissociada do ensino e da pesquisa.

Nos últimos dois dias, a Proex pode mostrar 218 trabalhos de extensão conduzidos por alunos da UEL que têm enorme impacto em Londrina e em toda a região. Estiveram envolvidos no 3º Simpósio de Extensão da UEL (Extenso), realizado na quarta e quinta-feira no Laboratório Escola de Pós Graduação (Labesc), cerca de 250 alunos, entre expositores e ouvintes. Eles irão reproduzir esse conhecimento nas comunidades e escolas das cidades da região.

As atividades extensionistas mais conhecidas proporcionadas pela UEL estão na área da Educação, Saúde e Justiça, como a Clínica Odontológica do Bebê e o Escritório de Assuntos Jurídicos. No entanto, há dezenas de atividades nas outras áreas temáticas: Comunicação; Cultura; Direitos Humanos (junto com Justiça); Meio Ambiente; Trabalho e Tecnologia e Produção.

Aluno do segundo ano do curso de Ciência da Computação, John Wilder Acosta da Silva foi um dos alunos que apresentaram, junto com colegas, sua experiência na extensão. “Nós apresentamos um projeto de inclusão digital que atende cidades da região. O objetivo é levar conhecimento de informática a crianças e adultos que ainda têm informações insuficientes para sua inserção no mercado de trabalho. Nós vamos a várias cidades e escolas, treinando crianças e professores para inseri-los no mundo da tecnologia. Eles, por sua vez, irão reproduzir esse conhecimento nas comunidades. É um trabalho gostoso de fazer e também gostei muito das atividades aqui no simpósio”, disse John.

1,2 mil bolsistas atuam na Extensão

A diretora de Relações Institucionais da Pró-Reitoria de Extensão da UEL, Cristiane de Conti Medina lembra que são muitos os projetos de extensão existentes e eles estão aumentando. Nesta semana, por exemplo, o programa Universidade Sem Fronteiras, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, aprovou mais uma lista de projetos da UEL. Entre eles está o projeto Escalda Pés, que funcionará no Hospital de Clínicas, atendendo grávidas e pessoas com problemas de inchaço nos pés. Questionada sobre projetos menos conhecidos, a diretora da Proex citou um desenvolvido em assentamentos rurais. “É um trabalho que não está restrito à parte agrícola, mas também trabalha na formação de educadores no campo. Há o pessoal que trabalha com geração de renda, o projeto de apoio a idosos. São muitos, em todas as áreas.”

Ao todo são 1,2 mil alunos bolsistas trabalhando na Extensão da UEL, mas o número de envolvidos na atividade passa de 2 mil. Cristiane conta que a população procura a universidade em busca da extensão. “Um exemplo foi um pessoal de Santa Mariana, que tem uma cachaçaria e veio em busca de melhoria na qualidade do seu produto. Outra demanda recente foi da Associação do Saltinho, que veio pedir atividades culturais na região do Cafezal.”

A diretora da Proex explica que toda semana um projeto recebe destaque no site da pró-reitoria (http://www.uel.br/proex/). “A comunidade pode estar certa que a universidade está completamente aberta para receber suas demandas e mostrar os projetos que já podemos oferecer.”

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Desenvolvimento Econômico é tema do 2º Prêmio Duke de Energy

O Prêmio Duke Energy: energia da inovação é uma iniciativa de mobilização das Instituições de Educação Superior (IES) dos estados de São Paulo e Paraná para atuarem na região do Paranapanema, por meio de projetos de extensão universitária, em parceria com comunidades dessas regiões, que contribuam para o desenvolvimento econômico.

Serão apoiados 3 projetos de extensão. Cada projeto selecionado será beneficiado com recursos financeiros no valor de 50 mil reais. Esses projetos deverão ter ações que objetivem melhorar as condições de trabalho e renda das comunidades carentes ribeirinhas, com prazo de execução de 12 meses.

Esse edital é direcionado ao público acadêmico (professores e estudantes de graduação) das IES localizadas nos municípios vizinhos aos empreendimentos da Duke Energy e reconhecidas pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) dos estados de São Paulo e Paraná. Cada IES pode inscrever quantos projetos achar conveniente; no entanto, serão selecionadas até 2 propostas por instituição.

Os projetos devem ser inscritos exclusivamente por docentes em exercício, seguindo as normas disponíveis no edital. O professor coordenador do projeto deverá preencher um formulário online no site da Duke Energy e enviar os projetos para o e-mail premiodukeenergy@unisol.org.br. A inscrição desse edital se estende até 10 de dezembro de 2014 e a divulgação do projeto selecionado será no dia 6 de fevereiro de 2015.

Para visualizar o edital, acesse o site da Duke Energy.

Viagem Técnica é promovida pelo Departamento de Ciências da Informação

Departamento de Ciências da Informação promove Viagem Técnica ao Arquivo Nacional, Arquivo da Marinha e Biblioteca Nacional possibilitando que os alunos de arquivologia, biblioteconomia e pós-graduação possam conhecer dos espaços, práticas e sistemas de arquivos das Instituições Arquivísticas Públicas da Cidade do Rio de Janeiro. A saída será no dia 9, às 7h, e retorno no dia 11 de novembro com previsão de chegada às 7h, no dia 12.

O objetivo do evento é de aproximar os alunos das instituições públicas renomadas na área de arquivologia, oferecendo uma melhor visão do exercício da profissão de arquivista a nível nacional, como excelentes oportunidades para seus futuros profissionais, incluindo que possam constatar os conceitos, princípios, técnicas e instrumentos arquivísticos desenvolvidos por essas organizações.

A coordenação é do professor Eliandro dos Santos Costa. O evento é exclusivo para os alunos do curso de arquivologia, biblioteconomia e das pós-graduações do Departamento de Ciências da Informação da UEL. Mais informações, ligue: 3371-4348 ou escreva para eliandrocosta@gmail.com.

Confira a programação:

SAÍDA: dia 09 de novembro de 2014
Horário de saída de Londrina:
7h em frente ao Restaurante Papo Cabeça
7h30 na Av. Leste Oeste, próximo da Reitoria da UEL
Previsão de chegada ás 20h no dia 09 de novembro de 2014

DIA 10 DE NOVEMBRO DE 2014:
Visita ao arquivo da marinha:
Das 9h às 11h e almoço das 12h às 13h30
Visita à biblioteca nacional:
Das 14h às 16h

DIA 11 DE NOVEMBRO DE 2014:
Visita ao arquivo nacional:
Das 10h ao meio dia com o supervisor da Coordenação de Documentos Escritos – Sátiro Nunes
Intervalo para almoço das 12h às 13h30
Das 13h às 17h com o coordenador de Documentos Audiovisuais e Cartográficos – Marcelo Nogueira

RETORNO a partir das 18h para Londrina. Local: em frente ao arquivo nacional.

Já teve inicio a exposição itinerante sobre os “figurões” da colônia italiana

Departamento de Letras Estrangeiras Modernas (LEM) promove O Sonho de Fare L’America:caricaturas de poderosos figurões italianos em IL Moscone. A exposição se estende até 14/11 no I Bravissimi, acervo bibliográfico italiano da UEL, e entre os dias 17 e 28/11 no Centro de Documentação e Pesquisa Histórica (CDPH).

A exposição itinerante tem como proposta disseminar os resultados do projeto de pesquisa Identificação e catalogação das imagens ilustradas nas primeiras páginas do seminário IL Moscone entre 1925 a 1929, que agrupou os portrait-charges dos italianos de maior evidência entre os membros da colônia de São Paulo.

Na mostra será apresentada uma parte do corpus levantado pelo projeto, além dos portraits-charges dos “figurões” da colônia italiana de São Paulo, serão exibidos imagens e dados biográficos dos artistas que criaram essas caricaturas, pois, embora tenham realizado um extraordinário trabalho iconográfico, alguns deles ainda permanecem quase no anonimato.

A coordenação é da professora Marcia Rorato. O evento é aberto a toda comunidade e não há taxa de inscrição. Mais informações, ligue: 3371-4468.

V Seminário Diálogos Filosóficos Jurídicos tem como tema a cultura latino-americana

V Seminário Diálogos Filosóficos Jurídicos: cultura latino-americana, promovido pelo Departamento de Direito Público, visa dialogar sobre temáticas da cultura latino-americana. O evento será realizado nos dias 12, 13 e 14 de novembro na sala 431 do Centro de Estudos Sociais Aplicados (CESA) e no Anfiteatro Maior do Centro de Ciências Humanas (CCH).

Nessa edição o objetivo é de refletir sobre a influência da cultura latino-americana nos ordenamentos jurídicos e o novo constitucionalismo latino. O professor. Dr. Jovino Pizzi da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) dará aulas nos dias 12 e 13, no CESA e a palestra com os professores Dr. Gilvan Luiz Mansen da Universidade Federal Fluminense (UFF) e o Dr. Jovino Pizzi da UFPEL, no dia 14, no CCH, ambos das 19h15 às 22h15.

A coordenação do evento é da professora Marlene Kempfer. Os interessados deverão se inscrever a partir das 18h no dia e local do evento e há uma taxa de R$ 20,00, para emissão de certificado. Mais informações, ligue: 3371-4120, escreva para dialogosjuridicosefilosoficos@hotmail.com ou acesse a página do evento.